Como a GFT escapa da escassez de talentos tech do mercado e contrata em fluxo contínuo? 

A escassez de talentos tech no mercado gerou um desafio na contratação em escala e é visto de forma diferenciada pela GFT, uma gigante global em soluções tecnológicas. Confira como ela dribla essa disputa e contrata com eficiência, mantendo sua marca empregadora sempre forte.  

Convidamos Priscila Domingos, Talent Acquisition Manager na GFT, para uma conversa sobre o tema no último Hire In Tech Talk e o resultado foi incrível!  

A GFT

A GFT, líder de inovação em transformação digital com soluções sustentáveis, foi fundada em 1987 e hoje tem sede em países na Europa, América do Norte e América do Sul. Atualmente com mais de 9.000 colaboradores, a empresa segue em constante evolução e é referência em tecnologias exponenciais para a transformação digital e projetos ágeis. Só no Brasil, são mais de 3 mil funcionários.  

Um compromisso como esse não pode contar com menos do que os melhores talentos tech do mercado e, por isso, ela é uma grande parceira da DIO na abertura de oportunidade para profissionais de tecnologia.   

Parceria que transforma e impacta o mundo! Além dos 17 bootcamps realizados com a DIO, a GFT ofereceu 28.000 bolsas de estudos gratuitas e, no Prêmio Global Workforce Transformationganhou o selo TOP INTERN RECRUITER, por ser a empresa que mais contratou talentos em nível de estágio na plataforma DIO. 

Veja os melhores momentos desse bate-papo: 

Perguntas e respostas 

Anna Martins (DIO): Como a GFT se posiciona diante dos desafios da contratação em fluxo contínuo de tecnologia para continuar crescendo? 

Priscila Domingos (GFT): As soluções de contratação em fluxo contínuo precisam estar atreladas à missão incrível de transformação social, por isso, não basta pensar no processo como uma única tarefa do Talent Acquision, e sim como um tema transversal que também envolve cultura e liderança trabalhando em conjunto.  

No momento, os desafios de contratação acabam sendo os mesmo para todas as empresas, então é preciso buscar soluções criativas para se destacar no mercado e não somente atrair talentos, como também retê-los na empresa. Outro ponto importante de destaque é o investimento em formação de talentos. Nós incentivamos a educação em tecnologia e acreditamos que ela é uma das melhores estratégias para driblar o desafio da contratação de profissionais capacitados.  

Anna Martins (DIO): Como gestora de um time com mais de 30 tech recruiters, como você lida com os desafios do dia a dia? Como administra as frustrações que podem acontecer, como a perda de um bom candidato? Como manter o time engajado e produtivo? 

Priscila Domingos (GFT): É um baita desafio!  
 
O maior deles é manter uma equipe de alta performance motivada, resiliente e querendo buscar resultado.  
 
Hoje o Talent Aquisition deixou de ser uma área só de humanas, que aplica testes comportamentais. Para ter sucesso não basta conhecimento técnico, é importante ser proativo e protagonista na sua própria carreira.  

O Talent precisa saber como não se frustrar com a jornada e entender que desafios também fazem parte da profissão. Todos os meses, diversos declínios acontecem, mas é isso que te ajudar a ser melhor.  
 
Outro segredo é entender que o fechamento de uma vaga é consequência do trabalho conjunto com o gestor da área de tecnologia que precisa contratar e não só uma missão isolada do RH. Nosso papel é apresentar o candidato ideal, preparado para a vaga, mas a contratação é uma responsabilidade compartilhada.   

É preciso virar essa chave para se sentir resiliente e motivado.  

Anna Martins (DIO): Por mês, vocês precisam preencher centenas de vagas, o que nós chamamos de contratação em fluxo contínuo. Quais tem sido as estratégias usadas para garantir que isso aconteça, driblando a escassez de talentos profissionais no mercado?   

Priscila Domingos (GFT): É desafiador mesmo.  

Eu acredito que o mercado vá se estabilizar, mas no momento estamos enfrentando o que mais temíamos: muita oferta, poucos candidatos.  
 
A GFT é uma empresa multinacional que se encontra em mais de 16 países, ou seja, mais estável, mas há 4 anos, tivemos que conversar e entender um ponto importantíssimo: não adianta ter a equipe mais top em performance de recrutamento, se a empresa não tem um employer branding forte.  
 
É preciso estar bem posicionada, não somente no mercado, mas ser, de fato, um bom lugar para trabalhar, com bons benefícios e oferecer um ambiente agradável que seja motivo de orgulho. Isso faz toda diferença e precisa ser ajustado! 

Atualmente, após 4 anos de construção e investimento em employer branding, com todos esses pontos alinhados, é muito mais fácil para a GFT fechar uma vaga. 

Nós investimos também em programas de formação, como os bootcamps, preparamos os candidatos, com a parceria da DIO, para promover programas de estágios, e, dessa forma, prepara esses profissionais para as vagas do ano que vem.  

Conclusão 

Para atrair e reter os melhores talentos, mesmo em grande escala, é preciso:  

  • Fortalecer o employer branding da empresa e ter uma cultura alinhada para não depender apenas de salários altos.  
  • Pensar em estratégias que envolvam a contratação e formação de profissionais iniciantes, como estagiários, participando ativamente da construção da carreira do candidato e oferecendo oportunidades de crescimento. 
  • Envolver as áreas de gestão, liderança e negócios desde o início do processo, para que todos estejam falando a mesma língua e possam oferecer uma experiência única para o candidato.  

Essa é uma reprodução do HireInTech Talk que foi ao ar no dia 03/08 e está disponível na íntegra aqui. Assista agora!  

Para assistir ao próximo episódio, acesse: HireInTech Talks – HireInTech – DIO 

O HireinTech Talk é uma iniciativa da DIO para reconhecer as empresas que estão fazendo parte da transformação do mundo por meio da democratização da educação e empregabilidade em tecnologia. Aqui, falamos sobre temas do universo de tech recruitment como impacto social, employer branding, contratação de profissionais de tecnologia, diversidade e experiências positivas que podem ajudar você e a sua empresa a crescer exponencialmente.