Contratar desenvolvedor: quais os 5 erros que você pode estar cometendo.

Você já deve saber que contratar desenvolvedores é uma tarefa bem complicada para as empresas de tecnologia. Para que isso aconteça da maneira correta é necessário adotar algumas estratégias que vamos te contar logo abaixo. Será que você está colocando todas elas em prática?

Cometer esses erros prejudica o desempenho da empresa. Fonte: Envato Elements

Com as mudanças ocorridas por conta da pandemia no ano de 2020, contratar um profissional da tecnologia deixou de ser uma opção e se tornou uma importante estratégia de sobrevivência para a maioria das empresas. Por conta dessa alta demanda, algumas organizações começaram a improvisar nas técnicas de contratação e estão correndo o risco de perder bons profissionais para suas concorrentes. 

Continue a leitura e veja quais são os cinco erros mais comuns desse processo e descubra se você está cometendo algum deles.

Não ter um pool de talentos diversificado

Um dos principais deslizes que podem dificultar essa busca é procurar no lugar errado. Sites de emprego tradicionais, no geral, não oferecem uma grande diversidade de candidatos.

O melhor método é fazer parcerias com plataformas de recrutamento online que, por terem essa finalidade, vão direcionar para o setor de Recursos Humanos um leque de talentos que mais se adequam ao perfil da empresa.

Não avaliar o fit cultural

Muito além de contratar um bom desenvolvedor, é fundamental contratar um desenvolvedor alinhado com o fit cultural da organização, afinal, não queremos ter no time um peixe fora d’água, certo? 

As soft skills (competências comportamentais) devem ser levadas em consideração e são importantíssimas para estabelecer boas relações e interações interpessoais entre os colaboradores. 

Sabe aquele “match” perfeito? Você ficará cada vez mais próximo dele se utilizar na sua empresa plataformas especializadas de recrutamento online. 

Experiência não é tudo!

Muitas vezes, as instituições valorizam mais o tempo de experiência do que o potencial do candidato e esse erro pode refletir no futuro da empresa. 

Uma das principais qualidades de um programador é sua capacidade de adquirir conhecimento e se reinventar. Como as linguagens de programação estão em constante evolução, ter um colaborador que se mantém atualizado é de suma importância. 

Logo, você pode obter melhores resultados recrutando um candidato recém formado que possui engajamento do que um candidato que tem vários anos de mercado e domínios pré-definidos, mas não está disposto a continuar aprendendo. 

Não deixar clara a descrição da vaga

Um anúncio divulgado sem especificar os objetivos da vaga pode atrair profissionais que não são aqueles que vocês estão procurando no momento. Essa perda de tempo acaba atrasando o trabalho do setor de RH. 

O grande segredo aqui é não economizar nas palavras. Seja claro e descreva quais são as qualificações esperadas, os desafios que serão enfrentados e fale ainda um pouco sobre a cultura organizacional da empresa. 

Também vale ressaltar que as exigências devem fazer sentido. Não é inteligente pedir cursos e experiências somente por pedir. Faça uma análise do que será realmente necessário para o bom desempenho naquele cargo.

Não cumprir o que foi prometido.

Após finalizar a seleção do candidato é fundamental reter esse talento na empresa, mas isso não será possível se ele se sentir enganado por conta de uma promessa que foi feita durante o processo seletivo e não foi cumprida. 

Para que ele se sinta motivado, a instituição deve oferecer um ambiente de trabalho saudável e que também valorize o profissional, afinal, o intuito dos desenvolvedores é crescer profissionalmente. 

Como vimos, existem diversas maneiras de evitar erros durante as contratações, mas para isso é preciso que as empresas estejam dispostas a se atentar a cada detalhe do processo. Se o seu objetivo é encontrar um candidato qualificado que também se adequa ao fit cultural da empresa, faça de tudo para não cometer os deslizes citados acima. 

Se quiser saber mais sobre esse assunto, leia alguns artigos que estão relacionados: