Onboarding: entenda por que você deve investir nessa estratégia.

Contratar um novo colaborador para a companhia é uma grande responsabilidade e garantir que haja uma boa interação entre ele e a equipe é essencial para que todo o trabalho flua de maneira produtiva, mas você sabe quais estratégias possibilitam que isso aconteça na sua empresa?

A estratégia de onboarding garante o bom desempenho da equipe. Fonte: Shutterstock

O processo de onboarding se faz necessário, uma vez que o novo funcionário deve se conectar com a cultura da empresa, os valores e as missões da organização. Entenda mais sobre o assunto e descubra como esse acolhimento é capaz de estabelecer harmonia dentro do ambiente de trabalho. 

O que é onboarding?

Traduzido do inglês, onboarding significa “integração”  e é uma prática criada pela gestão de pessoas a fim de estabelecer a socialização organizacional com os novos ingressantes da equipe. 

No momento da contratação o profissional se mostra mais engajado e motivado, por conta da nova jornada e é nessa hora que a empresa deve apresentar sua cultura organizacional para que ele se adapte. 

De acordo com dados divulgados pela Glassdoor, um onboarding bem executado pode melhorar em até 82% a retenção de talentos. 

Como é realizado o onboarding?

Não podemos dizer que existe uma única maneira de realizar essa integração. Atualmente, as empresas estabelecem os formatos de onboarding que mais se adequam ao seu perfil. Alguns dos estilos mais comuns são: 

  • Palestras
  • Dinâmicas
  • Eventos de boas vindas
  • Tour pela empresa

Para tornar esse processo ainda mais dinâmico e evitar que assuntos se repitam, as empresas podem seguir os 4C’s ou quatro níveis de integração que são: conformidade, clarificação cultura e conexão. Ao final desse trajeto, o novo membro já estará por dentro de toda a história da organização. 

Entenda o que são os 4C’s

Seguir o esquema dos 4C’s faz com que a organização forneça uma estrutura compreensível e assim o processo de onboarding será bem sucedido. 

Conformidade

Orienta sobre os processos burocráticos e como: regras, valores, políticas internas, obrigações e códigos de ética. 

Clarificação

Esclarece sobre a nova função do colaborador: atribuições, responsabilidade, escala hierárquica, ferramentas e recursos.

Cultura

 Esse é o momento perfeito para o profissional entender sobre a missão da empresa, o clima organizacional e como as dinâmicas funcionam.

Conexão

Esse é um dos processos mais importantes pois cria uma conexão interpessoal com líderes e colegas de time. 

Benefícios de investir em um onboarding

Um programa de onboarding bem estruturado conecta os profissionais da empresa. Fonte: Shutterstock

Os benefícios de investir no onboarding atingem tanto a empresa quanto o funcionário. As principais vantagens são:

  • Maior engajamento dos profissionais
  • Diminuição na rotatividade
  • Aumento na qualidade
  • Retenção de talentos
  • Treinamento e capacitação
  • Fortalecimento da cultura organizacional

Como foi visto, para garantir o bom desempenho das equipes dentro das organizações é necessário que haja um acolhimento ou onboarding do funcionário que está entrando. Essa simples prática pode se tornar a estratégia mais inteligente da empresa para alinhar projetos, relações interpessoais e expectativas. 

Quer saber ainda mais sobre recrutamento tech? Então confira os artigos relacionados: