Qual é o turnover ideal e como calcular na sua empresa?

Um dos assuntos mais comentados dentro de empresas de tecnologia é o turnover ideal. Mas como saber qual é a taxa de rotatividade mais saudável para a organização?

Calcular a taxa saudável de turnover é essencial para a imagem da empresa. Fonte: Envato Elements

Considerado um dos principais indicadores de desempenho na gestão de pessoas, o turnover significa a alternância de funcionários e está presente no dia a dia das instituições, mais precisamente dentro do setor de recursos humanos. 

Antes de entender qual é o índice ideal de turnover, vamos ao significado da palavra. 

O que é?

Turnover é uma palavra da língua inglesa que significa “virar” e, basicamente, é a taxa de desligamentos e contratações de funcionários de uma empresa. É ele quem mede o número de colaboradores que entram e saem da organização em um determinado período, geralmente  de um ano. Entretanto, essa renovação constante não é muito bem vista, por isso se torna necessário saber calcular e diminuir a taxa de alternância dos funcionários.

Índice de rotatividade

Toda empresa possui um grau de turnover, mas índices muito altos podem indicar alguns problemas como:

  • má administração- Quando a organização está com uma má gestão e desalinhada dentro da sua base, pode causar problemas e conflitos com os colaboradores, o que desanima e desencoraja a equipe.
  • baixa remuneração- Aproximadamente 25% dos funcionários deixariam, hoje, seus cargos por um aumento de 10% de salário em outro lugar. Então, se você oferece uma remuneração abaixo da média isso pode aumentar a taxa de turnover na sua empresa. 
  • déficit na infraestrutura- A falta de infraestrutura é um agente limitante na vida da empresa, pois ela impede que alguns projetos sejam realizados e passa uma imagem de descaso com a equipe trabalhadora.
  • desmotivação profissional- Podemos destacar principalmente a falta de reconhecimento e a ausência de plano de carreira. O funcionário para se manter empenhado precisa saber que terá um retorno dos seus esforços e esse é o maior fator de incentivo que a empresa pode oferecer. 

Entretanto, também não é vantajoso ter uma taxa de rotatividade muito baixa ou nula. A chegada de novos profissionais pode oxigenar projetos a fim de alcançar resultados melhores e maior rentabilidade e, a renovação de alguns membros da equipe mostra que a empresa está disposta a aderir novas estratégias de negócios, novas oportunidades e novos talentos. 

Como calcular o turnover da minha empresa?

Esse cálculo é muito importante para a área de RH estratégico, pois é ele quem apresenta quais falhas devem ser corrigidas no sistema de admissão da empresa. 

A conta é bem simples, observe o modelo:

Essa fórmula é capaz de indicar se a taxa de turnover da sua empresa está saudável.

Mas como saber se estamos dentro dos padrões?

Qual o turnover ideal para cada empresa?

Apesar de não existir uma taxa ideal, uma vez que as organizações possuem volumes e projetos de retenção diferentes, alguns especialistas recomendam que para garantir o bom funcionamento da empresa, produtividade e reduzir custos, o percentual de renovação deve ficar entre 5% e 10% ao ano. 

O turnover pode ser considerado um termômetro dentro da instituição e, a partir dos números obtidos através dele é possível fazer uma análise crítica sobre a política de retenção vigente e também a política de recrutamento de novos talentos. 

Visto isso, podemos concluir que mesmo sendo influenciado por diferentes fatores, o índice de turnover de uma organização institucional deve se manter dentro das porcentagens mais baixas, porém sem obter um valor nulo.  

Se você gostou desse assunto, confira também os artigos relacionados: